Principais sintomas provocados por pragas e doenças nas árvores de fruto

As árvores cujos frutos são dos mais apreciados, como macieiras, pereiras, cerejeiras, ameixoeiras, damasqueiros, nectarinas, pessegueiros, marmeleiros e amendoeiras, estão sujeitas a algumas pragas e doenças comuns nas pomóideas e prunóideas:


Afídeos (de várias espécies) – as folhas e rebentos jovens ao serem infestadas(os) por afídeos cor-de-rosa, verdes, pretos ou castanhos, apresentam um encarquilhamento ou pequenas deformações e o seu desenvolvimento pode ficar reduzido ou até atrofiado;

Aranhiço-vermelho (Panonychus ulmi) – as árvores mais sujeitas a esta praga são as macieiras, pereiras, ameixoeiras e damasqueiros. O sintoma mais típico aparece nas folhas que ficam manchadas, bronzeadas e secas, caindo antes do tempo. Com a ajuda de uma lupa, podem ver-se os ácaros minúsculos sob as folhas;

Bichado-da-fruta (Cydia pomonella) – as lagartas do bichado, afectam principalmente macieiras e pereiras, onde escavam túneis até ao centro do fruto que pode tornar-se não comestível. É quase impossível apercebermo-nos dos estragos, uma vez que a lagarta ao abandonar o fruto não deixa sinais exteriores da sua presença.

Cancro (Nectria galligena) – esta doença afecta essencialmente macieiras e pereiras que atacadas apresentam gretas à volta da base e manchas encrespadas, fundas e descoloridas;

Cancro (Pseudomonas morsprunorum) – este cancro afecta essencialmente ameixoeiras, cerejeiras e pessegueiros onde aparecem pequenas cavidades pouco profundas nos ramos (muitas vezes num só dos lados do ramo). As folhas apresentam pequenos buracos redondos;

Lepra-do-pessegueiro (Taphrina deformans) – é uma doença que afecta pessegueiros, amendoeiras e nectarinas. Um dos sintomas típicos são as pústulas vermelhas nas folhas, no início do Verão. As folhas infectadas ficam castanhas e caem antes do tempo. Os ataques regulares de lepra vão reduzindo o vigor da árvore;

Oídio da macieira (Podosphaera leucotricha) – Esta doença afecta também as pereiras. Ambas as espécies apresentam um pó branco pulverulento nas folhas, flores e ramos;

Podridão-das-raízes (Armillaria mellea) – afecta praticamente todas as árvores de fruto e o sintoma típico é a morte súbita do exemplar. Ao observar-se a casca na base do tronco verifica-se que esta sai facilmente, revelando uma camada branca de fungos.

Se conseguiu identificar estes sintomas e não sabe como tratar a causa, pode usar a aplicação OpenPD, fazer uma publicação e no Fórum haverá sempre alguém disposto a partilhar conhecimento.
Só tem que descarregar a app gratuita em  http://openpd.eu/.

Fontes:
A Horta e o Jardim Biológicos, Pauline Pears e Sue Stickland, Publicações Europa-América, Fevereiro 2006

0 comentários :

Enviar um comentário