Já ouviu falar de canónigos?

Esta espécie herbácea de seu nome científico Valerianella locusta é muito apreciada em saladas, onde pode substituir facilmente os agriões, a rúcula e até a alface.

Os canónigos são conhecidos e utilizados por toda a Europa devido ao sabor das suas folhas verdes, macias e ligeiramente suculentas e podem ter vários nomes comuns de acordo com a língua em que se estiver a falar:

Português: alface-da-terra, alface-de-cordeiro, alface-cordeirinho, alface-de-coelho, valerianinha, valeriana-hortense ou saboia;

Inglês: lamb’s lettuce, corn salad, field salad;

Francês: mâche, lanchette, boursette, bouche, clairette, coquille, doucette, galinette, grasse, herbe douce, laitue d’agneau, oreille de lièvre, salade de chanoine, salade de blé;

Italiano: soncino, valerianella, dolcetta, songino, gallinella, lattughella.


Propriedades: Têm uma grande concentração de sais minerais (cálcio, fósforo, potássio, magnésio e ferro) e são ricos em vitaminas (C, E, B6, B9, por exemplo). São também uma importante fonte de compostos antioxidantes como o ácido fólico e a luteína e de ómega-3, excelentes para melhorar o sistema imunitário.
São constituídos essencialmente por água (cerca de 90%) e têm apenas 20-25 calorias/100gr, sendo por isso considerados um bom complemento para uma dieta saudável.

Curiosidades: Pensa-se que o nome “canónigos” é adaptado do castelhano que naquela língua é sinónimo de sacerdote/padre e deriva do facto de esta espécie ser muito cultivada em mosteiros; quanto ao nome em inglês corn salad (salada de milho) utiliza-se porque esta planta é uma infestante nos campos de milho.

Caraterísticas culturais:
Cresce em forma de pequena roseta (até cerca de 30cm de altura) e as suas folhas são oblongas com a forma semelhante à de uma colher de chá.

É uma cultura de Inverno que prefere climas amenos ou frios, com luminosidade directa. As altas temperaturas induzem a planta a florescer precocemente.

O solo deve estar limpo de infestantes, ser bem drenado, rico em matéria orgânica e com pH entre 6 e 7. Também convém manter-se sempre húmido, mas sem ficar encharcado.

O espaçamento na linha e na entre-linha pode variar entre 8 a 15 cm X 15 a 30 cm.

Como é uma planta pequena, também pode cultivá-la entre os espaços de outras plantas de ciclo mais longo, como o alho-porro, o nabo ou a cenoura.

E não se esqueça, se aparecerem pragas e/ou doenças, a app OpenPD está disponível para ser descarregada gratuitamente em http://goo.gl/uJyVb2 e no fórum, poderá obter a ajuda que necessita para a sua identificação.
  
Fontes:
http://goo.gl/bPK5ZE
http://goo.gl/wAMWJA

http://goo.gl/LYfcCB

0 comentários :

Enviar um comentário