Na escolha das variedades é que está o ganho!


A escolha das plantas para colocar na sua horta ou pomar, deve obedecer a alguma regras e é um dos passos cruciais para que no futuro, se evitem ou atenuem problemas relacionados com pragas e doenças.
Pense sempre nas condições em que as plantas se vão desenvolver – tipo de solo, zona mais solarenga ou sombria, com ou sem rega, em estufa ou ao ar livre, em zonas de geada, …, para fazer a escolha da variedade que melhor se irá adaptar a essa situação e lhe trazer maior rendimento.

E quais as mais resistentes?


No quadro seguinte, estão identificadas algumas das culturas e variedades mais resistentes (ou que apresentam menor sensibilidade) a determinada praga ou doença.


Utilizar variedades mais resistentes deve fazer parte das regras de gestão da sua exploração, pois embora possam ser ligeiramente mais caras, são a garantia de um menor ataque se algum problema vier a existir.

Dica: Uma vez que as variedades estão sempre a mudar face aos avanços da ciência, aconselha-se a consulta de catálogos com a seleção de espécies mais atualizada.



E com esta informação, só pode obter boas colheitas!

Esteja atento ao site do OpenPD http://www.openpd.eu/pt/inicio/ onde pode descarregar a aplicação para telemóveis que lhe pode dar uma ajuda, no que toca à identificação de pragas e doenças das plantas.

Fontes:
A horta e o jardim biológicos; Pears, P. e Stickland, S.; Colecção Euroagro; 2006

0 comentários :

Enviar um comentário