Amendoeiras – um possível investimento?


A amendoeira, nome comum da espécie Prunus dulcis, é uma árvore de porte pequeno a médio, que apresenta folha caduca e é originária da Ásia Central, tendo sido trazida para a Europa pelos romanos; o seu “fruto”, a amêndoa, é muito apreciado.


No nosso país, após um decréscimo de produção nas últimas décadas, por abandono de alguns pomares mais antigos (principalmente no Algarve) ou desistência da actividade, regista-se agora um aumento do nº de hectares de amendoal, que se traduz no nº de pedidos de apoio a programas de financiamento europeu, essencialmente no Nordeste Transmontano e no Alentejo.
Para esta situação, muito contribui o facto de existir uma procura crescente de amêndoa, com consequente aumento de preço, uma vez que é um fruto seco muito interessante do ponto de vista nutricional, que apresenta um sabor agradável e pode ser utilizado de várias formas: moído, em lascas, cortado em pedaços, com ou sem pele, torrado, ao natural como um snack, em pastelaria ou transformado em “produto saudável” como por ex: leite de amêndoa, óleo de amêndoas doces, ...


Porquê escolher esta cultura?
Quais as melhores condições ou práticas de cultivo?

Estas são as perguntas mais frequentes e às quais damos resposta nas próximas linhas.

A amendoeira desenvolve-se bem em:
  • climas soalheiros e quentes
  • solos pouco ou medianamente profundos, de origem calcária e não excessivamente húmidos
  • zonas com mediana disponibilidade de água (dado que a rega deve ser pontual)

e por isso, está bastante adaptada ao clima mediterrânico.

Escolha da cultura tendo em conta:


Soluções mais usadas atualmente para a instalação do amendoal:
  • sistema intensivo – é o mais comum e como tal, o seu comportamento é mais conhecido. Tem como vantagens o facto de implicar um menor investimento, dado que o compasso é mais largo (7x5 ou 7x6) e logo, o número de árvores por hectare é menor (cerca de 150 árvores/ha). A produção, quando atinge a velocidade cruzeiro pode chegar aos 3 000 kg de miolo de amêndoa/ha. 

  • sistema superintensivo – é uma técnica de cultivo mais recente, e por isso, não está ainda totalmente testada, mas sabe-se que pomares com cerca de cinco anos têm já produções de aproximadamente 1 800 kg de miolo de amêndoa/ha. Este tipo de pomar é construído em sebe, com compassos mais apertados (6,5x6) e tem obtido bons resultados. No terceiro ano, consegue-se já uma produção considerável (aproximadamente 850kg/ha). Pode ter como desvantagem o fato de a amendoeira ser uma árvore muito vigorosa e ainda não haver muita experiência com porta-enxertos ananicantes, os mais usados neste caso.

Sistema de rega recomendado:
  • duplo lateral gota-a-gota – o amendoal é uma cultura tradicionalmente de sequeiro, mas que responde muito bem à rega, melhorando substancialmente, tanto a produção como o tamanho dos frutos. Assim, a rega deve ser aplicada somente para evitar fases de stress hídrico excessivo e não deve ser aplicada regularmente.

Custos de instalação da cultura:
  • em sistema intensivo (incluindo preparação de terrenos, planta, plantação e sistema de rega) – entre os 5.500€ e os 7.000 €/ha.



Variedades mais usadas nas novas plantações:
Cabe a cada agricultor, analisar a sua situação em concreto, tendo em conta estes e outros itens que terão maior relevância caso a caso.
No entanto e independentemente de tudo, há uma razão incontestável para se produzir amêndoa e que tem a ver com o seu valor nutricional: contêm grandes quantidades de vitaminas (em especial vitamina E e B12), de minerais como zinco, fósforo, magnésio e ferro, uma boa dose de fibras e proteínas e muitas outras substâncias com grande potencial para a saúde humana.

Mas quais os principais benefícios da amêndoa?


Tem dúvidas?
Pergunte a quem sabe na app OpenPD, que pode descarregar de forma fácil e gratuita em: https://goo.gl/qC4tj0 e participe no fórum de discussão.

Fontes:
https://goo.gl/2THHUc
https://goo.gl/VED4DM
https://goo.gl/CsWFyK
https://goo.gl/aDBDHi
https://goo.gl/vFEhBZ
https://goo.gl/ioLvwo
https://goo.gl/uWiM8k
https://goo.gl/tpkAvF



0 comentários :

Publicar um comentário