Aplicações para smartphones - a nova ajuda dos agricultores na identificação de pragas e doenças das plantas


As pragas e doenças das plantas, são duas das principais causas de diminuição da produção mundial de frutas, legumes e cereais, a base da alimentação humana e animal.
Ao longo dos tempos, foram sendo detetadas quer por inspeção visual quer através da ajuda de microscópios para observações mais rigorosas e outra tecnologia como p. ex., o sequenciamento de ADN.

No entanto, o diagnóstico inicial baseia-se sempre na observação directa das plantas – são os olhos atentos dos agricultores que encontram os primeiros sintomas.

Sabia que…
  • Se prevê que a população mundial chegue aos 9 biliões até 2050?
  • Para alimentar esta população será necessário um abastecimento estável, com aumentos de produção em mais de 70%?


Agora, o desafio é evitar atempadamente perdas de produção, através da criação de novos meios para diagnóstico, mais acessíveis e fiáveis e que garantam ao agricultor uma primeira ajuda, que pode estar à distância de um dedo…
E é o que se tem feito, ao aplicarem-se técnicas que foram desenvolvidas por especialistas das ciências da computação e dedicadas ao reconhecimento e diagnostico de pragas e doenças das culturas.

Estas novas ferramentas tecnológicas, as chamadas app (aplicações para “telemóveis inteligentes”) são fáceis de utilizar. Mas como?

Existem muitas app a nível mundial que podem ser mais abrangentes quanto às culturas ou mais específicas, e algumas até orientam sobre o tratamento. Podem já estar em pleno funcionamento ou ainda em fase de testes… Confira alguns exemplos no quadro abaixo.

Nome da app
Tipo de informação
Disponível
Adama alvo
Identifica pragas e doenças da soja, trigo, milho, algodão, cana-de-açúcar e café.
iOS e Android
Consórcio Antiferrugem
Monitoriza a ferrugem asiática da soja (no Brasil).
iOS e Android
Detetor de Pragas
Monitoriza o “olho de rã” e a ferrugem asiática da soja; monitoriza a leprose, verrugose, cancro cítrico e melanose dos citrinos.
Android
FMC Agrícola
Auxilia na identificação de plantas daninhas, pragas e insetos, através da comparação com imagens do acervo. Outro benefício é oferecer informações agronómicas, por meio de vídeos e materiais técnicos da FMC.
iOS e Android
Fox Bayer
Auxilia na identificação de pragas da soja, trigo, feijão e algodão, a partir de um banco de fotos com imagens em alta resolução.
iOS e Android
OpenPD
Identifica pragas e doenças das plantas no geral.
Android
Planticare
Identifica pragas e doenças das plantas de jardim.
iOS e Android
Plantix
Auxilia na identificação de pragas e doenças das plantas, e deficiências nutritivas.
Androi


Siga os nossos passos:
  1. deve escolher a que melhor pode servir os seus interesses;
  2. verifique se a sua instalação é gratuita (a maioria é);
  3. descarregue app da plataforma onde se encontra (Google Play Store ou Apple Store). Algumas aplicações podem ser também usadas em tablets;
  4. siga as instruções de utilização da mesma, que se baseiam quase sempre numa primeira abordagem através de envio de foto com a descrição do problema;
  5. em breve, receberá uma notificação de um especialista, um técnico, ou de alguém presente num fórum, com a indicação do diagnóstico e até de um possível tratamento.


OpenPD – o exemplo vindo de Portugal!

O desenvolvimento de uma aplicação para telemóveis totalmente concebida e implementada por técnicos portugueses, a app OpenPD, que apoia a identificação de pragas e doenças das plantas, só foi possível graças à iniciativa proposta pela entidade ExpiralPixel, ao abrigo da FI-PPP  (Future Internet Public-Private Partnership), estabelecida entre a Comissão Europeia e vários gigantes mundiais da tecnologia para o desenvolvimento da Internet do Futuro.
Este projeto, considerado relevante na linha do Agrobusiness, principalmente pela introdução da componente de Open Community, foi suportado em termos de financiamento pelo hub tecnológico SmartAgriFood, o qual tem como objetivo tornar a cadeia de valor alimentar mais inteligente.
OpenPD destina-se essencialmente a agricultores, a profissionais das empresas de fitofármacos e das organizações de produtores e à comunidade académica, através dos investigadores e professores. Baseia-se num modelo de comunidade digital aberta e de aprendizagem entre pares, apoiado pelo Programa Quadro da União Europeia para Tecnologias de Comunicação e Informação (ICT), é de utilização gratuita e pode ser descarregada na Google Play Store em https://goo.gl/PQ8UIY ou no blog http://blog.openpd.eu/.


Fontes:
http://sfagro.uol.com.br/aplicativo-pragas/
https://www.fmcagricola.com.br/noticiasdetalhes.aspx?cod=172114
http://plantix.net/
https://www.mygarden.org/plants/planticare
http://actu.epfl.ch/news/smartphones-to-battle-crop-disease/

0 comentários :

Enviar um comentário